Skip to content

Erros de Jornalismo, Parte II

18 de junho de 2007

Já que estamos de olho no Oriente Médio, não podia deixar de mostrar a falha que ocorreu na quarta-feira, 13/06. A âncora da rede libanesa de TV NBN, Sawsan Safa Darwish, aparece de forma triste reportando a morte do parlamentar anti-Síria, Walid Eido, morto em um atentado à bomba.

Mas sem saber que o aúdio estava aberto e ainda estava no ar, fez deboche da morte perguntando para um companheiro de trabalho em árabe: “por que levaram tanto tempo para matá-lo?”. Os dois riem, ele diz para ela não tripudiar e ela ainda continua, “não estou tripudiando, estou cheia deles. “Ahmed Fatfat – outro político anti-Síria -será o próximo. Estou contando com isso”.

A TV NBN – que é pró-Síria – demitiu os dois jornalista para não causar maior embaraço com os libaneses já indignados sobre o fato e pediu desculpas pela falha.

Em poucas palavras a Srta. Darwish perdeu a oportunidade de ficar calada. Pois, Walid Eido é o sétimo político anti-síria assassinado em menos de dois. Sendo que a lista incluí o ex-premiê Rafik Hariri, principal opositor contra a presença de tropas sírias em território libanês.

 Veja a lista

Veja o vídeo a falha de Darwish apresentado na última sexta-feira no Jornal da Globo por Cristine Pelajo

 

Fontes:

http://www.estadao.com.br/ultimas/mundo/noticias/2007/jun/13/155.htm

Por Henrique Medeiros

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: