Skip to content

Senador Joe Biden é escolhido como vice de Obama

23 de agosto de 2008

Do forno


  Biden e Obama durante as prévias

Fontes da campanha do Partido Democrata norte-americano confirmam a escolha do Sen. Barack Obama por seu companheiro de chapa na disputa pela presidência dos EUA, o Senador Joe Biden. Segundo a rede de TV CNN e o jornal New York Times o anúncio deve ocorrer esse sábado, antes do anúncio aqueles se cadastraram no site do candidato democrata devem receber através de texto em seus celulares, e-mails ou twitters a confirmação. 

Uma espécie de ensaio hi-tech pré-convenção.

Sen. Biden, do Delaware, é um dos membros mais antigos no Senado Norte-Americano – está no cargo desde 1973 – foi candidato a pré-candidato a presidência dos EUA em 1987 e em 2008, porém em nenhuma das duas pré-candidaturas conseguiu alcançar grande quantidade de votos. O possível candidato a vice-presidência do Partido Democrata também é Presidente da Comissão de Relações Exteriores no Senado. Em 1988 ainda sofreu um aneurismo e ficou desestabilizado por meses, mas quase um ano depois conseguiu retomar suas atividades.

Com a escolha, o jovem senador do Illinois agregaria a sua campanha uma mente forte e experiente em relações internacionais, a presença de Biden eleminaria parte da relutância em sua candidatura interna. Por outro lado é um tiro no pé das pessoas que esperavam a “chapa dos sonhos” – como este blogueiro – com a Senadora Hillary Clinton como vice. 

Sem menosprezar…

Na cabeça desse blogueiro Biden deveria fazer sua campanha para outro mandato no Senado, fortalecer o trabalho de Obama em seu programa de Relações Internacionais. Caso o jovem senador de Illinois fosse eleito, Biden seria Secretário de Estado na nova administração – cargo equivalente ao nosso Ministro das Relações Exteriores.

A escolha de Biden agrega apenas experiência à campanha de Obama, não atrairá grande quantidade de votos mesmo dentro de seu partido! A escolha mais plausível seria os  Sen.Hillary Clinton, Sen.Chuck Hagel (republicano) e Sen. Jim Webb. Qualquer um desses três traria grande quantidade de votos tantos dos democratas como dos republicanos.

  

Hillary Clinton, uma última rodada? 

Jim Webb, azarão?

Chuck Hagel, seria uma supresa para ambos os lados

Caso a escolha de Obama por Biden se concretize na noite de 27 de Agosto, quando seu candidato à vice-presidencia fará o discurso oficial e introduzirá o “próximo presidente dos EUA”  durante a convenção democrata, na semana seguinte o Senador John McCain – seu opositor republicano -escolherá o jovem governador do estado da Minessota, Tim Pawlenty. Se por um lado Obama não tem experiência alguma, McCain não tem experiência administrativa ou financeira e Pawlenty preencheria esse vazio.

Ficaria uma eleição 50% a 50%…

Mas, no fundo acredito que Hillary Clinton ainda puxe algum “às da manga” ou um “coelho da cartola” e tente uma última rodada, ou seja, muita água vai rolar até o anúncio oficial na próxima quarta-feira.

OBS: Por aqui nem a Marta Suplicy foi tão míope em sua escolha de vice-prefeito. Ela escolheu alguém forte como o Dep.Aldo Rebello depois de muita negociação e desse mesmo preparar uma base independente da esquerda com Luiza Erundina como sua vice, Marta negociou e garantiu o deputado como seu vice. Uma eleição hoje não depende apenas de quantos você tem, mas de quantos votos você pode tirar de outro candidato!
 

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: