Skip to content

Dunga corta Amauri e chama Felipe Melo

26 de janeiro de 2009

st1\:*{behavior:url(#ieooui) }

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-qformat:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:10.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-fareast-font-family:Calibri;}


Com o veto Amauri está próximo da seleção italiana


O técnico da seleção brasileira de futebol não convocou Amauri, jogador da Juventus de Turim e um dos artilheiros do campeonato italiano. O atacante ítalo-brasileiro vive na Itália há oito anos, teve ótimas passagens pelo Messina, Chievo e Palermo. Com o recuo de Dunga, o italiano Marcello Lippi, – técnico da seleção de seu país – pretende convocar o atacante brasileiro – até o momento.


Pra piorar – ou melhorar – a situação Amauri (28) é casado com a italiana Cynthia e sua naturalização sairia com rapidez. No Brasil jogou apenas um ano como profissional pelo Santa Catarina FC, logo em seguida foi para a Bota – não a de Bush – suas atuações e sua idade, despertam os olhos dos italianos. Nunca jogou pelas seleções de base do Brasil, tal fato cortaria na raiz os sonhos de Lippi ter um dos principais jogadores do Calcio em sua seleção.

Lippi, campeão do mundo com a Itália em 2006 retornou ao cargo após o desempenho fraco de Roberto Donadoni no comando da Azzura. O técnico busca montar uma seleção como em 2006 com excelente homens de frente, hoje dispõe apenas de um atacante de ponta, Luca Toni do Bayern de Munique. A presença de Amauri encaixaria “como uma luva” na seleção italiana. Segundo o jornal Autobello, Amauri estrearia na Azzurra dia 10 de Fevereiro, contra a seleção brasileira. Além de Amauri, Lippi pretende convocar os argentinos Ledesma e Lavezzi da Lazio e convocou outro ítalo-brasileiro no último jogo contra a Grécia, o zagueiro baiano Fabiano Santacroce do Napoli.

É o segundo vacilo de um técnico brasileiro quanto à naturalização, em 2003 quando técnico da seleção brasileira Carlos Alberto Parreira não convocou o meia Deco, então jogador do Porto por julgar que havia jogadores por demais com a mesma categoria na posição. A atitude de Parreira abriu portas para Deco defender as cores de Portugal, então impulsionado pela direção do técnico campeão do mundo, Luiz Felipe Scolari.

A estréia do luso-brasileiro foi justamente contra o Brasil, o resultado não podia ser outro, 2×1 Portugal com gol de Deco. Hoje ele é um dos principais meias do mundo, teve passagens por aquele "mágico" Barcelona de 2005/2006 que ganhou a Champions League e o Campeonato Espanhol. Atualmente joga no Chelsea de Felipão, com a seleção portuguesa alcançou um quarto lugar na Copa do Mundo de 2006 e um vice na Eurocopa de 2004.

Parreira por sua vez montou uma das seleções menos empolgantes de todos os tempos, cujo setor mais fraco era o meio-campo. Ele não admite, mas se arrepende. Tanto que anos depois convocou Dedê, um lateral-esquerdo inexpressivo, nunca vestiria a camisa da seleção e estava prestes a ser naturalizado para um país árabe.

Dunga por sua vez, declarou a possibilidade de convocar Amauri – depois de levar uma dura do goleiro Júlio César, titular absoluto na seleção canarinho e companheiro de Adriano na Inter de Milão. Embora o técnico brasileiro acredite em outros atacantes à frente como os convocados Adriano, Robinho, Luís Fabiano e Alexandre Pato. “O Amauri também vem sendo observado, mas os quatro atacantes que foram convocados estão em um melhor momento”.

Olha pra quem acredita que um raio não cai no lugar duas vezes… Ainda não vou aderir à campanha Adeus Dunga, até por que todo anão tem seu mestre.


Obs.: Só pra lembrar, será que o craque Afonso Alves faz parte dessa lista à frente de Amauri?


Ou lutar pela pátria livre ou escolha outra

Em sua defesa e de Amauri o técnico Dunga afirmou que seria muita pressão para o atacante estrear justamente contra a Itália e o atacante terá outras oportunidades.

Engraçado, eu sempre ouvi que vaga na seleção é questão de momento. Ao acompanhar o campeonato italiano vejo Amauri melhor que muitos outros convocados por Dunga…

Com outro momento flashback, lembro da estréia de Kaká na seleção foi contra a Argentina. O jogador saiu do banco e literalmente comeu a bola naquela tarde no Wembley Stadium. Ocorreu o mesmo caso com outros craques Ronaldinho Gaúcho, Luís Fabiano e Alexandre Pato. Ou seja, na cabeça de Dunga luta quem quer. Com certeza não será nenhuma surpresa o nome de Amauri na lista italiana e brasileira. Embora Amauri reafirmar seu desejo pela seleção brasileira, 

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-qformat:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:10.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-fareast-font-family:Calibri;}

sua frustração foi evidente ao receber a notícia do canal Esporte Interativo “Não me preocupo com a convocação. Em meus 10 anos de carreira sempre procurei defender bem meu clube e marcar meus gols. Estou em uma fase boa e pretendo continuar focado”. 

Em duas semanas Lippi convocará a Azurra, ainda assim tal decisão compete apenas a Amauri.

Conversando com alguns amigos na véspera de Natal muitos deles preferem ver atacantes que atuam no Brasil vestindo a camisa da seleção. Nilmar, Alex Mineiro, Keirrison, Washington e até mesmo Kleber Pereira foram alguns nomes citados pelo pessoal. Ainda um torcedor fiel prefere lembrar, “Dá dois meses pro Ronaldo e ninguém nunca mais vai lembrar do Amauri. Isso sem contar que ele fará dupla com o Dentinho”.

Convocados

A convocação de Dunga contra a Itália tem apenas duas novidades. O volante Felipe Melo, da Fiorentina e o lateral Adriano, do Sevilha. “Brasil e Itália sempre fazem um grande jogo, o que certamente se repetirá no Emirates Stadium.” disse Dunga. Veja a lista dos selecionados:

Gol
Julio Cesar – Internazionale
Doni – Roma

Lateral-Direita
Maicon – Internazionale
Daniel Alves – Barcelona

Zaga
Lúcio – Bayern de Munique
Juan – Roma
Thiago Silva – Milan
Luisão – Benfica

Lateral-Esquerda
Marcelo – Real Madrid
Adriano Correia – Sevilla

Volante
Gilberto Silva  – Panathinaikos
Josué – Wolfsburg
Anderson – Manchester United
Felipe Melo – Fiorentina

Meio-Campo
Elano – Manchester City
Júlio Baptista – Roma
Kaká – Milan
Ronaldinho – Milan

Ataque
Robinho – Manchester City
Alexandre Pato – Milan
Luís Fabiano – Sevilla
Adriano – Internazionale

 

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: