Skip to content

A Semana

9 de maio de 2009

Enquanto passo por provas, trabalho – picuinhas alheias – e adaptação no novo serviço, consigo ter tempo no fim de semana para escrever um resumo da semana, principalmente coisas que passaram batido pela mídia tupiniquim.

Não posso deixar de destaque ao novo blog Twitando, do bom e não tão velho amigo Guilherme Giuntini. Em Twitando, Giuntini – também conhecido como Silver – desenvolve assuntos sobre o jornalismo, seu futuro e as dificuldades de ser estudante e trabalhar ao mesmo tempo.

Argentina e Brasil firmam acordo de troca de crédito de U$$ 1,5 bi

Saiu ontem nos jornal argentino Clarin e no brasileiro DCI o acordo para troca de créditos no valor de U$$ 1,5 bilhões. Também conhecido como swap, o acordo assinado por pelos ministros da fazenda de Brasil e Argentina, respectivamente Guido Mantega e Carlos Fernández, visa assegurar as transações das reservas financeiras e as relações bilatareis entre os países. Segundo Mantega, o acordo será oferecido também a outros países, mas foi oferecido à Argentina por ser principal parceira comercial do Brasil.

Mas, de acordo com o Clarin é na verdade uma grande ajuda ao governo argentino. Sem crédito na “praça”  o governo argentino precisam ter linhas de crédito financiados por países, e não por bancos como ocorreu no passado (última moratória). Além do Brasil, a Argentina firmou um acordo similar com a China.

Outra preocupação do Planalto em acelerar esses acordo é devido as próximas eleições legislativas na Argentina em 28 de Junho deste ano, os Kirchener’s correr o risco de perder a maioria na Câmara e no Senado, dificultando a frágil conjuntura comercial entre os dois países.

O acordo entre Brasil e Argentina envolve recursos de disponibilidade livre, sem ligação com compras de ativos, mas apenas para reforçar o banco central, digamos “entrada e saída de doláres”.

Agora vem a grande dúvida, tá sobrando tanto dinheiro assim para dar linha de crédito aos Kirchner’s? Embora o Brasil esteja passando bem pela crise, é no mínimo estranho num país onde Vale e Embraer demite milhares numa canetada só, onde todo brasileiro conhece alguém, um vizinho, amigo ou familiar que esteja desempregado.

Acredito que os Kirchener’s devem ser deixados ao seu próprio destino, mesmo sendo o mais democráticos e multilaterais dos governos argentinos nos últimos 30 anos, ainda assim eles devem se virar. Esse dinheiro poderia muito bem ser empregado em ciração de postos de trabalhos ou linha de créditos para criação de pequena e média empresa.

Lula, Cristina e Nestor Kirchner

Lula, Cristina e Nestor Kirchner

Enquanto isso… O Brasil está preocupado com questões de saúde. Uma gripe expandida pela mídia e por que o presidente do Paraguai não usa camisinha?

Aécio Neves fala como presidenciável ao El País

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves deu entrevista ao jornal espanhol El País sobre o atual cenário político e especialmente sobre as eleições de 2010. Ainda muito cauteloso, falou de suas aspirações à presidencia e afirmou “a presidencia é um destino e não um projeto pessoal”.

O último presidenciável que vi falar desse jeito não consegue nem um carguinho em sua terra natal, evocava inclusive Jesus e deus… Cuidado Aécio, o peixe morre pela boca!

Ex-governador do RJ Anthony Garotinho

Ex-governador do RJ Anthony Garotinho

Obama vira Alabama Tree em novo produto da Apple

O mais novo produto da Amazon, o libretto digital Kindle apresentou um grave problema em seu processador de texto, Ao digitar Barack Obama o corretor de texto substituía o nome do presidente por Alabama Tree. A Apple lançou rapidamente um plugin para correção em seu corretor de texto.

Mesmo com o erro crasso, a Amazon espera que o Kindle – em sua segunda versão – faça sucesso similar dos equipamentos da Apple como o celular Iphone e a aparelho de som Ipod, as duas últimas grandes novidades da empresa de Steve Jobs foram sucesso de vendas no mundo. O Kindle consegue e-books e ficar atualizado com jornais, em teoria seria o início da subtituição do papel pelo digital.

Kindle da Amazon

Kindle da Amazon

Bob Dylan e Cat Stevens disputam primeiro lugar nas paradas

Não caros leitores, não voltamos aos gloriosos anos 60 o grande auge da indústria e da intelecutalidade cultural no século XX. Nas paradas musicais inglesas Bob Dylan e Yusuf Islam ( conhecido como Cat Stevens) levam o seu som Folk novamente ao cume. Os sexagenários continuam com o mesmo som em seus violões de aço e batida ritmada, Dylan alcançou o topo na última semana comTogether Through Life, agora Yusuf Islam desafia o Bob Dylan com seu novo trabalho Roadsinger (To Warm You Through The Night).

Conheças as novas canções de Bob Dylan e Yusuf Islam

Bob Dylan -Feel A Chang Comin’On

Yusuf – Roadsinger

One Comment leave one →
  1. permalink
    31 de maio de 2009 11:02

    Ótemo!
    Posta, né? Não abandona!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: