Skip to content

Causos do Cotidiano: A mobilidade levou minha agenda

27 de junho de 2009

Ir para a labuta todas as manhãs é algo muito comum, mais habitual ainda é perder objetos no trajeto. Dinheiro, carteira, guarda-chuva e graças a modernidade podemos incluir Ipod, Iphone, notebook e smartphones. Anos atrás era mero superflúo, coqueluche tecnológica, hoje é material essencial na vida da maioria das pessoas, como este que vos escreve.

Sim, perdi meu celular.

O sentimento da perda de um aparelho extrapola o desejo material, tinha o mesmo celular há quase três anos – velho para o mercado e ninguém quer um celular velho como aquele – tenho esperanças de encontrá-lo em algum “achados e perdidos”.

Meu celular, alguém viu por aí?

Todavia, também tenho medo quanto ao objeto móvel da geração internet – minha geração -, tenho medo de alguma pessoa incentivada pelo instinto mais capitalista/criminoso pedir um resgate pelo meu celular. Por mais cômico e pastelão que pareça, isso acontece. Um amigo ano passado, perdeu seu celular numa das unidades do SESC, horas depois pediram resgate, “Cento e Ciquenta Paus” disse o sequestrador. Meu amigo resolveu não pagar o resgate, sua agenda estava salva em outro lugar.

Penso se pagaria um resgate, minha agenda não está salva e muito menos atualizada. Apenas sei que tudo tem um limite, R$ 50, 00 é o teto. Em todo caso, estarei segunda no achados e perdidos do metrô, procurando o impossível.

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: