Skip to content

McCrystal foca guerra em Kandarar

22 de fevereiro de 2010

Após a saída dos holandeses general prepara estratégia para proteger a província

A província de Kandarar será o próximo foco da guerra ao terror. Após o sucesso da “Operação Moshtarak” – a ofensiva das tropas aliadas contra os insurgentes do Taliban no Afeganistão – as forças da OTAN empregaram esforços na província.  O General Stanley McCrystal, comandante das tropas dos EUA e OTAN no Afeganistão, confirmou para repórteres neste domingo os próximos passos.

“Nós estámos indo onde partes significantes do população está em risco. E está muito claro que Kandarar é muito importante, não apenas para o Sul, mas para todo o país” disse McCrystal. Perguntado sobre a possível saída das tropas holandesas, McCrystal disse que esperava desafios para as tropas aliadas e está confiante no sucesso das operações.

Início da Operação Moshtarak no sul do Afeganistão

O Plano

A província de Kandarar embora sob controle governamental é considerada volatíl pelas forças aliadas, afirmou general britânico Nick Parker, segundo no comando militar do Afeganistão. General Parker ainda esboçou o plano para jornalistas na Força de Segurança e Assistência da Otan, em Cabul. São 60 mil tropas participarão das ações em Kandarar, as tropas britânicas que estão lutando na província Helmand pela Operação Moshtarak ajudariam em Kandarar e fuzileiros norte-americanos assumiriam a posição em Helmand.

Kandarar é conhecido do reduto dos Talibans. Era sede da mílicia entre os anos que governaram o país, entre 1996 e 2001.

Operação Moshtarak

O objetivo das forças aliadas é fortalecer o sul, como em Helmand. O general do comando central dos EUA, David Patraeus,  disse em entrevista a rede de televisão NBC que espera que as ações no sul do país levem entre 12 e 18 meses para surtir e que a mílicia do Taliban é formidável porém um pouco perdida, e que a recente operação eliminou parte deles.

A maior operação de guerra desde o começo da guerra mobilizou 15 mil soldados, começou em 13 de Fevereiro. As tropas aliadas encontraram até o momento 68 explosivos improvisados e foram atingidos por 25 ao redor de Marjah, capital de Helmand. As tropas aliadas perderam 12 soldados na investida, o número de insurgentes mortos ainda não foi calculado. Doze civis foram mortos nos conflitos, “estamos indo o mais devagar possível para evitar o número civis mortos” afirmou o General Parker.

O presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, pediu cautela às tropas aliadas e terem certeza na proteção dos civis.

As províncias de Kandarar e Helmand no sul do Afeganistão

As províncias de Kandarar e Helmand no sul do Afeganistão

Curiosidade: Moshtarak, significa "juntos" no idioma Pashtun. O nome da operação
é referencial, está é a primeira vez que tropas da OTAN e afegãs participam de
ações conjuntas.

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: