Skip to content

Notas

4 de março de 2010

O retorno das orquestras, livros de futebol, estréia da exposição de Maureen Basilliat, peça com Du Moscovis no Sesc e Coração Louco chega aos cinemas


Abertura da Temporada 2010 da OSESP

Acabou o carnaval e os teatros abrem suas portas. As principais orquestras do Brasil voltam para suas atividades agora em Março. Destaque para o concerto de abertura da OSESP, com o pianista alemão Lars Vogt e a soprano Susan Bullock. Além dos dias 4,5 e 6, a OSESP apresentasse com Vogt e Bullock de graça no domingo, dia 7 de março às 10h.

No programa, obras de Wagner, Schummann, Mendelssohn e Debussy sob a regência do francês Yan Pascal Tortelier.

Festival de Campos do Jordão abre inscrições

O Festival de Internacional de Inverno de Campos do Jordão está com inscrições abertas para bolsistas. O repertório dos bolsistas terá foco nas músicas de Mahler, Stravinsky, Duttileaux e Piazzolla. As partituras estão disponíveis para download no site e as audições serão entre os dias 9 e 11 de Abril. Este é o primeiro do festival sem Roberto Minczuk na direção do Festival e da Orquestra Acadêmica, em seu lugar a Santa Marcelina – responsável pelo festival e pela terceirização da música no Estado de SP – dispôs de um núcleo especializado.

A regência da Orquestra Acadêmica ficará sob a batuta de Yan Pascal Tortelier, regente titular da OSESP e Cláudio Cruz, spalla e regente de câmara da OSESP.

Exposição de Maureen Bisilliat no SESI-SP

Está em exposição no SESI-SP parte da obra da premiada fotografa, Maureen Bisilliat (1931). Embora seja inglesa, Maureen mora no Brasil desde  1957 e tendo passagens pela Editora Abril e recebendo o prêmio APCA em 1987. Expôs seu trabalho numa ala exclusiva na Bienal Internacional de Arte em 1988 e é curadora do Pavilhão da Criatividade no Memorial da América Latina. A exposição mostra o trabalho os 53 anos de carreira de Maureen, desde a ênfase literária, passando pelo auge do fotojornalismo e obras inéditas, como Chorinho Doce. Um ensaio fotográfico na região do Vale do Jequitinhonha inspirado nos poemas de Adélia Issa .

A exposição vai até 4 de Julho e a entrada é franca.

Milton Leite e Mauro Beting lançam livro em SP

O jornalista Mauro Beting e o narrador Milton Leite aproveitam o ano de Copa de Mundo para lançar respectivamente os livros “As Melhores Seleções Estrangeiras de Todos os Tempos” e “As Melhores Seleções Brasileiras de Todos os Tempos” pela Editora Contexto. O livro detalha escalações dos grandes times, principais jogadores, esquemas táticos e está repleto de imagens.

A sessão de autográfos será dia 16 de março às 18h30, na Saraiva Megastore do Shopping Eldorado.

Coração Louco estréia este fim de semana

O drama Coração Louco (Crazy Heart) estréia este fim de semana em cinemas de todo o Brasil. O filme conta história de Bad Blake (Jeff Bridges), um decadente cantor de música country com problemas de álcoolismo. Ao conhecer a jornalista Jean Craddock, papel interpretado por Maggie Gyllenhaal, Blake dá uma reviravolta em sua vida e volta à tocar com a mesma energia e vibração do passado.

O destaque sem dúvida é para Jeff Bridges, no papel de Bad Blake, o experiente ator deu aquela ponta de esperança num ano onde muitos encontraram-se no pior momento de suas vidas. Bridges ganhou o Globo de Ouro pelo papel e é favorito ao Oscar de Melhor Ator. Maggie Gyllenhaal também concorre na categoria de Melhor Atriz Coadjuvante. Coração Louco disputa ainda outra estatueta por Melhor Canção Original, The Weary Kind, de Ryan Bingham e T Bone Burnett.

Peça com Du Moscovis e Marjorie Estiano no SESCSP

A peça de teatro Corte Seco está em cartaz no Sesc Consolação. Elogiado pela crítica carioca, o enredo aborda os obstáculos da vida no mundo moderno e como somos afetados por nossa relação material, seja através de processos na justiça, notícias de jornal, telefonemas, mensagem de texto – torpedo – e e-mail. Eduardo Moscovis atua ao lado de um elenco experiente: Thereza Piffer, Felipe Abib, Ricardo Santos, Stella Rabello, Paulo Dantas, Branca Messina, Leonardo Netto e Marjorie Estiano representando a Companhia Verticíe de Teatro.

Outro destaque da obra é a edição do espetáculo durante a performance dando mais impacto e expondo na raíz os problemas do cotidiano. Os cortes são realizados pela diretora, Christiane Jatahy, ela altera a ordem das cenas em pontos distintos, como ocorre no nosso dia-a-dia. A peça está em cartaz de Sexta a Domingo, os ingressos variam entre R$ 5 e R$ 20.

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: